Os Romanos na Península Ibérica

Os Romanos tinham em mente conquistar todas as regiões à volta do Mar Mediterrâneo para assim conseguirem ter em seu poder o comércio do Mar Mediterrâneo. Mar Mediterrâneo a que chamavam de Mare Nostrum, palavra do Latim que era a língua dos romanos.

O único povo que foi resistindo à invasão romana da Península Ibérica foram os Lusitanos.

Viriato que lutou e morreu pela defesa destas terras e destas gentes, foi assassinado cerca de 1.250 anos antes do nascimento de D.Afonso Henriques, o nosso 1º rei.

Os Romanos originários da Península Itálica chegaram à Península Ibérica no século III a.C.

Vieram para a Península Ibérica por causa das riquezas cá existentes e para aumentar os seus territórios.

Formaram um grande império (Império Romano) porque, com o seu disciplinado e organizado exército, conquistaram todas as terras à volta do Mar Mediterrâneo.

Com os Romanos, os povos que cá viviam aprenderam imensas coisas. Construíram novas coisas como as estradas, fóruns, aquedutos, termas, teatros, circos, templos, pontes… O comércio evoluiu, surgiram olarias, forjas, minas, pedreiras, salga de peixe, tecelagem… desenvolveram também o cultivo da oliveira, do trigo, da vinha, das árvores de fruto, principalmente no Sul. A cultura peninsular, seus usos e costumes e direito foi mudando por influência romana, a isso dá-se o nome de Romanização.

As casas eram feitas de tijolos cobertas de telhas (usavam novos materiais)

Para facilitarem a comunicação entre Roma e as regiões conquistadas construíram estradas e pontes.

Cláudio Miranda nº12 5ºC
Inês Faria nº18 5ºC
Bruno Quintas nº 9 5ºC
Andreia Matos nº5 5ºC
Carlos Lopes nº11 5ºC

Anúncios